Renato Aragão explica a separação dos Trapalhões em nova biografia

Para o humorista, “diferenças criativas” foram o principal motivo

Renato Aragão deu nova explicação para sua separação dos Trapalhões na biografia Renato Aragão: do Ceará para o coração do Brasil, do jornalista Rodrigo Fonseca.

Segundo o humorista, a grande razão foram as diferenças criativas com Mussum, Dedé e Zacarias (via Folha). “Houve um momento em que a gente não podia nem olhar para cara um do outro que brigava.

Por um processo de saturação total, de desgaste. A gente trabalhava muito, muita coisa…”

Em entrevista à Playboy, em 1983, ele afirmou que saiu como vilão e negou que a divisão do faturamento tenha tido qualquer influência na decisão do grupo.

Fonte: Omelete
Imagem destaque: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *