Peru na Copa aumentará a chance do Brasil pegar campeã do mundo logo na fase de grupos

O Brasil tem pelo menos um motivo para torcer pela Nova Zelândia na repescagem contra o Peru por uma das últimas nove vagas na Copa do Mundo. Afinal de contas, uma classificação peruana aumentaria ainda mais as chances de a seleção brasileira ter um rival campeão do mundo logo de cara, na fase de grupos da Rússia-2018.

Isso porque o Peru entrará no pote 2 do sorteio dos grupos – desde que se classifique, claro -, deixando três sul-americanos (Colômbia e Uruguai já estão garantidos) no mesmo pote.

Como o Brasil não pode cair no mesmo grupo de outro sul-americano, restariam apenas cinco opções de adversários: Espanha, Suíça, Inglaterra, Itália e México (suíços e italianos também precisariam confirmar a vaga na repescagem europeia).

Ou seja: a seleção brasileira teria 60% de chances de pegar um rival que já foi campeão do mundo (Espanha, Inglaterra e Itália).

Considerando uma eliminação peruana – e mantendo ao menos a classificação italiana – essa probabilidade até continuaria alta, mas cairia para 50%.

Isso porque a oitava vaga no pote seria tomada por um país não sul-americano, aumentando para 6 os rivais possíveis do Brasil vindo do pote 2.

Vale lembra que a definição dos potes será feita pelo ranking final deste mês de outubro. E, mesmo com nove vagas ainda em aberto, a Copa do Mundo já conta com os oito cabeças de chave definidos: Rússia, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polônia e França.

A definição dos últimos classificados acontecerá na primeira quinzena de novembro. Já o sorteio dos grupos da Copa do Mundo está marcado para 1º de dezembro.

Fonte: ESPN.com
Imagem destaque: Lucas Figueiredo/CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *