Metrô de Salvador funcionará em horário especial durante Carnaval

Estações de metrô e terminais de ônibus também terão programação cultural

O Carnaval será longo e o horário de funcionamento do metrô será prolongado, esse ano. A informação foi confirmada pela CCR Metrô Bahia, que administra o sistema: as estações e também os terminais de ônibus sob responsabilidade da empresa vão ficar abertos, no período, de 4h à meia-noite.

Além disso, para celebrar a chegada da folia, a concessionária, em parceria com o IPAC e o Shopping Piedade, vão promover uma série de ações culturais, que serão uma oportunidade para os usuários se divertir e conhecer um pouco da história do Carnaval de Maragogipe, cidade do Recôncavo, que foi tombado patrimônio imaterial da Bahia em 2009.

Até sexta-feira (9), a Estação Lapa de metrô vai receber apresentações de banda de fanfarras, a partir das 14h. Nesta quarta (7), haverá uma apresentação itinerante dos Mascarados de Maragogipe. O grupo resgata a tradição das fantasias e máscaras típicas do Carnaval europeu do século 19. Cerca de 10 mascarados e músicos vão se apresentar nos trens e estações Pirajá, Acesso Norte e Mussurunga, às 10h e às 13h.

Nesta quinta (8), a programação carnavalesca oferece oficina de Máscaras de Maragogipe, que acontecerá na Estação Lapa, a partir das 14h. Já entre os dias 08 e 20, a Estação Rodoviária vai sediar a exposição de fotos que conta a história do Carnaval de Maragogipe.

Operação Especial
Entre os dias 09 e 13, o metrô vai operar em esquema especial, passando a operar das 4h à meia-noite para embarque e desembarque em todas as estações, para levar os foliões para o Carnaval com rapidez, conforto e segurança.

Com duas estações próximas aos circuitos – Lapa e Campo da Pólvora, o modal é a opção para as pessoas que não querem se preocupar com estacionamento, engarrafamento e bloqueios. Os terminais de ônibus integrados, administrados pela CCR Metrô Bahia – Pirajá, Retiro, Acesso Norte, Rodoviária e Mussurunga – também irão antecipar o início das atividades para às 4h.

Outro ponto que ganhará reforço durante a folia é a segurança. Estações, trens e terminais irão contar com uma equipe de Agentes de Atendimento e Segurança (AASs) treinada para atuar em eventos de grande público, Grupo de Pronta Resposta em prontidão e reforço do policiamento nas áreas de acesso e entornos do sistema, com o apoio da Polícia Militar.

Os usuários também terão a segurança reforçada com o monitoramento eletrônico por meio de cerca de 1.600 câmeras das estações, trens, passarelas de acesso e terminais de ônibus, no Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária e no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da SSP. A concessionária também vai utilizar portais de detetores de metal nos acessos às estações estratégicas e vai reforçar a quantidade de trens de acordo com a demanda.

Dicas
Para evitar filas e garantir a integração do metrô com os ônibus, a dica da CCR é adquirir o cartão do metrô para ida e volta, com antecedência. A tarifa é de R$ 3,70.

Quem já tem o cartão Integração do Metrô, pode antecipar a recarga nas bilheterias das estações em operação ou nas máquinas de autoatendimento e vending machines disponíveis nas estações Lapa, Campo da Pólvora, Acesso Norte, Rodoviária, Brotas e Mussurunga. O cartão avulso, que dá direito a uma única passagem, também pode ser comprado antecipadamente em qualquer bilheteria.

Guia do usuário do metrô
Para viajar tranquilo, o usuário do metrô deve ficar atento às orientações, conforme estabelecido no Decreto Estadual nº 15.197, que proíbe:

  1. Fumar ou manter aceso cigarro, acender fósforos ou isqueiro;
  2. Consumir bebidas alcoólicas;
  3. Entrar ou permanecer sem camisa ou sem calçados;
  4. Portar arma de fogo ou materiais inflamáveis, explosivos ou corrosivos;
  5. Transgredir as instruções da concessionária transmitidas pelos colaboradores, pela comunicação visual existente ou pelo sistema de sonorização;
  6. Praticar qualquer ato de que resulte embaraço ao serviço ou que possa acarretar perigo ou acidente;
  7. Ultrapassar a faixa amarela de segurança da plataforma, a não ser para entrar e sair do trem quando este já estiver parado e com as portas abertas;
  8. Colocar os pés nas paredes das estações, bancos e laterais dos trens;
  9. Quebrar, danificar, sujar, escrever ou desenhar nas instalações e equipamentos pertencentes à concessionária;
  10. Utilizar aparelhos sonoros, tocar instrumentos ou emitir falas e cantos que atrapalhem a perfeita audição dos serviços de sonorização.

Fonte: Correio
Imagem destaque:  Evandro Veiga/Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *